Mirão, uma figura!

Não adianta, sempre que vou até a casa dos meus pais, preciso entrar e mexer no Mirão.

Quando está acordado, peço um abraço e ele sempre dá, mesmo me mandando embora na sequência. Quando está dormindo, cubro ele, que me olha com um sorriso e vira para dormir.

Dessa vez ele resolveu me “escoltar, e o cabeçudinho ficou na grade me esperando ir embora

By | 2016-11-14T11:45:02+00:00 ter, 06/08/13 - 00:00|Sem categoria|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment